sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Doença de Targardt

Hoje recebi um email (reenviado) com a mensagem abaixo. E como não posso sequer imaginar a angústia que é ter um filho com uma doença rara, aqui fica o texto - que peço que partilhem como puderem.

Obrigada!



Exmo(a) Senhor(a)
Vivo nos arredores de Lisboa e sou pai de uma menina, agora com 7
anos, que é portadora da doença de TARGARDT (degeneração da mácula), o que faz com que perca a visão central, doença essa que é actualmente incurável, mesmo no estrangeiro.

Como não é fácil obter informações a nível nacional, resta-me a
Internet para adquirir um conhecimento mais profundo que me ajude a lidar com esta doença, pois mesmo em Lisboa a única ajuda que me foi facultada foi de uma associação (mais concretamente a Associação de Retinopatias de Portugal), associação essa que também padece do problema de falta de apoio, pois é uma entidade privada.

O grande objetivo deste email é tentar arranjar maneira de contactar
pessoalmente, familiares ou amigos de pessoas que sofram da mesma ou semelhante doença, para fazer um rastreio, com um único pensamento: Difundir e trocar informações acerca desta doença.

POR FAVOR divulguem este email pelos vossos contactos e/ou se tiverem conhecimento pessoal de um caso semelhante, agradecia que me contactassem:

rgoncalves@creditoagricola.pt

MUITO E MUITO OBRIGADO
Rui Gonçalves
P.F., não ignorem a mensagem. Ler e reencaminhar não custa nada.
Obrigado.

Filmes que aí vêm: Before I Go to Sleep


Nicole Kidman e Colin Firth num thriller sobre uma mulher que acorda todos os dias sem se lembrar de nada em resultado de um acidente traumático do passado?! Queremos MUITO ver!